O grupo de apoio, Bonde das Lindas, se reuniu na segunda-feira (3) na Unidade Fazendinha, oferecendo um espaço de escuta, interação e uma rede de confiança entre as adolescentes. O grupo é coordenado pela equipe psicossocial: a psicóloga Nara Murta e pela assistente social Luciana Dias, quinzenalmente.

As adolescentes levam temas para o debate, além de tratarem de assuntos relacionados aos dilemas juvenis e seu território, laços afetivos, sexualidade, autoestima, interações sociais e respeito. O intuito é fortalecer o laço entre as jovens e o Projeto Providência, estimulando a autoestima e a percepção de que juntas, elas podem oferecer apoio mútuo.

A iniciativa nasceu em 2018, após os relatos de automutilação por parte das adolescentes. “O sofrimento descrito por elas exigia um espaço de acolhimento, que nos fez apostar no grupo como intervenção, além de realizarmos atendimentos e acompanhamentos individuais” relata a psicóloga, Nara.