Os educandos do Projeto Providência unidades Fazendinha, Vila Maria e Taquaril participaram das Oficinas de Grafite ofertadas nas unidades. A realização das atividades foi proporcionada a partir do projeto Oficinas Grafite e Cidadania, com apoio do Fundo Estadual de Cultura de Minas Gerais. 
 
A proposta das oficinas é “ensinar as práticas e técnicas do grafite, como forma de conscientizar a comunidade sobre o uso e conservação do espaço comum, valorizar a cultura local e contribuir para um ambiente melhor para se viver”, informa Vanessa Assis, Coordenadora do Projeto Providência. 
 
Aproximadamente 70 jovens com idade entre 13 e 29 anos participaram das oficinas nas três unidades do projeto. As oficinas foram divididas em módulos com o total de 12h/aula por módulo, contendo duas aulas teóricas e duas aulas práticas. 
 
A equipe técnica responsável pelas oficinas é composta pela Diretora Geral do Projeto Providência, Fernanda Flaviana, Vanessa Assis como produtora executiva e pelo professor e grafiteiro Binho Barreto, que contou com a ajuda dos monitores Lucas e Rodrigo para ministrar as oficinas.
 
Entre os resultados das oficinas pode se destacar os grafites realizados pelos educandos nas comunidades, um jornalzinho informativo produzido a partir das oficinas e um livro sobre grafite que está em produção.